Ativismo Vegetariano no FSM

fsm

Durante o Fórum Social Mundial vários ativistas vegetarianos chamaram a atenção para a causa animail. O FSM contou com a participação de vários grupos ativistas, como o Vegetarianos em Movimento (VEM), Revolução da Colher e uma participação do Ativismo Vegetarianos (Ativeg).

Iniciando no dia 27 de janeiro, com a marcha de abertura, os vegetarianos já começaram a dar o que falar com suas faixas, cartazes e panfletos. Frases como "Pra Amazônia sobreviver, preste atenção no que vai comer" eram constantemente repetidas pelo grupo que marchava rumo a São Brás (onde terminaria a marcha). Um ponto de protesto dos vegetarianos foi em uma lanchonete da rede Mc Donald's, que se localizava no meio do trajeto. De forma pacifica, foram distribuídos panfletos para os freqüentadores e na calçada, em frente a lanchonete, um coro gritava "Abaixo a Mc Morte".

O VEM e a Revolução da Colher instalaram-se ao lado do restaurante vegetariano do Lila Prasada no Acampamento Intercontinental da Juventude (AIJ), localizado na Universidade Rural da Amazônia (UFRA), que acabou se tornando referencia para os vegetarianos presentes no FSM. Com exibição de documentários, debates, distribuição de panfletos e venda de camisas, botons e adesivos os grupos trabalharam conscientizando em defesa do animal, da Amazônia e da vida.

Photobucket

No dia 28 de janeiro ocorreu uma reunião entre o VEM, a Revolução da Colher e a Aldeia da Paz (conhecida por ser um ponto de práticas dos movimentos ecologistas, espirituais e artísticos). Ficou decidido, na presença de aproximadamente cinqüenta ativistas de diversas cidades do país, a criação de uma rede de vegetarianos pela internet, com o objetivo de articulação e troca de experiências. Também foi marcada a Marcha Vegetariana que foi realizada no dia 31 de janeiro, na UFRA.

A Marcha chamou a atenção da imprensa pela sua característica interativa e performática. Repetindo frases como "Comam mais frutinhas, não matem as vaquinhas!" ou "Tire a carne do seu prato, não seja insensato!" e fazendo performances que incluíam uma mulher pendurada numa vara de bambu e encenar canibais que interagiam com o público colocando-os em uma grande panela e simulando come-los. Também haviam faixas, cartazes, tábuas e panfletos com a mensagem vegetariana. A marcha despertou o interesse de todos por onde passava.

Photobucket

Colhemos bons frutos do Fórum Social Mundial, e sem duvida a troca de experiências e a mobilização que ocorreu foram muito gratificantes. Agora, é não perder o contato que foi iniciado no fórum e organizar mais intervenções pela vida.

O grupo de discução já foi criado, quem quiser participar é só se inscrever pelo link: https://lists.riseup.net/www/subscribe/vem

Photobucket

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Voltar aoTopo