PARE BELO MONTE


Porque centenas de organizações, movimentos sociais, professores, pesquisadores, o Ministério Publico Federal e diversas outras entidades questionam a Usina de Belo Monte?

Belo Monte entregará R$30 bilhões para empreiteiras e amigos do Governo. A maior parte deste dinheiro vai ser retirada da saúde, educação, segurança, habitação, saneamento, etc.


Expulsará mais de 50 mil pessoas de suas casas e de suas terras. Até hoje não foi informado para onde elas irão.


Secará um trecho de 100 km da Volta Grande do Rio Xingu, acabando com toda a biodiversidade local.


Não gerará energia para a população da Amazônia, nem diminuirá o valor da conta de quem já tem luz em casa. 80% de sua energia será para as indústrias do centro-sul do Brasil, e 20% para empresas como VALE e ALCOA.


Atingirá a aldeia indígena Paquiçamba, Arara da Volta Grande, Juruna do quilômetro 17 e Trincheira Bacajá. Direta ou indiretamente mais de 15 mil indígenas sofrerão as conseqüências das barragens construídas no rio Xingu.


Provocará a extinção de centenas de espécies e o extermínio agonizante de milhares de animais do ecossistema amazônico.


Gerará, em média, somente 39% de sua capacidade máxima de produção de energia. Os técnicos informam que é necessário produzir no mínimo 55% para uma usina ser viável economicamente.


Será construída com recursos públicos. O BNDES vai financiar 80% da obra, cobrando juros de 4% a.a, com prazo de 30 anos para pagamento.


Impactará 11 municípios, totalizan-do uma população de mais de 360 mil pessoas, porém somente foram realizadas audiências públicas em 03 desses municípios.


Atrairá mais de 100 mil pessoas para a região. Mas os dados do governo mostram que menos da metade conseguirá emprego, aumentando o desemprego e o caos social.


comitexinguvivo@hotmail.com

Participe da Manifestação contra BELO MONTE

20/08 – Sáb. 9h Pça da República

Em frente ao teatro Waldemar Henrique

Read more...

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Voltar aoTopo